Boletim Técnico – Sistemas de Filtro Prensa

Boletim Técnico Vallair

 

Uso de sedes metálicas em bombas de alimentação de sistemas de filtro prensa

Bombas pneumáticas utilizadas na alimentação de sistemas de filtro prensa devem utilizar sedes metálicas.

As sedes metálicas são necessárias para evitar que as válvulas tipo esfera passem para a câmara de bombeio, devido à alta pressão gerada pela saturação do filtro prensa. Dependendo do filtro esta pressão pode chegar até 250 psi.

Sedes em borracha tendem a deformar quando submetidas à alta pressão do filtro permitindo que as esferas sejam carregadas para a câmara de bombeio, danificando a bomba e interrompendo o processo.

Boletim Técnico Vallair - Filtro Prensa

 

Caso esteja configurando o seu sistema de filtro prensa certifique-se de que a bomba de alimentação utilize sedes metálicas.

Faça o download deste boletim técnico no formato PDF (119Kb) »

Ajuste de vazão em Bomba Pneumática BPV

Parte 1 : Ajuste da vazão conforme a altura de sucção

Para que sejam ajustadas as vazões de uma Bomba Pneumática BPV é necessário analisar a altura de sucção do fluido a ser bombeado. Nesse artigo, vamos abordar como corrigir a vazão requerida e selecionar adequadamente a capacidade da BPV de acordo com esse fator.

A equipe de engenheiros de produto e de aplicação da Vallair preparou o gráfico abaixo que calcula o fator de perda de rendimento conforme a altura de sucção.

Artigo Técnico - Ajuste de Vazão em Bomba Pneumática BPV

Determinando o fator relativo à altura de sucção

Podemos concluir pelo gráfico acima que uma altura de 6 (seis) metros reduz a vazão de uma BPV em 30% sobre daquela a vazão que seria obtida se o equipamento estivesse bombeando posicionado no mesmo nível do fluído.

Exemplo de cálculo para correção da vazão pela altura de sucção

BPV em um processo de bombeio instalada a 3 (três) metros de altura do tanque.

  • Vazão necessária = 100 l/h.
  • A partir da análise do gráfico inferimos que a vazão da BPV cairá de 100% para 82%, ou seja, uma redução de 18% da capacidade, caso ela esteja instalada a 3 (três) metros de altura em relação ao nível do fluido.

Considerando que é desejada a vazão de 100 l/h, será necessária a correção da vazão da BPV pela perda de rendimento ocasionada pela altura de sucção. Fazemos este cálculo de correção da seguinte maneira:

Artigo Técnico - Ajuste de Vazão em Bomba Pneumática BPV

Portanto, se necessitamos bombear 100 l/h com o equipamento instalado a 3 metros do nível do fluido, o mesmo deverá ser selecionado para bombear 122 l/h. Foi adotado para este cálculo um fluido com as características de viscosidade e densidade iguais à da água.